Depois de encerrar atividades no Brasil, Midas Trend patrocina time do futebol francês em partida contra PSG

A empresa que ofertava investimentos em Bitcoin Midas Trend, que anunciou o fim de suas atividades no Brasil, surpreendeu ao aparecer como um dos patrocinadores da camisa do time de futebol francês Lille, na partida contra o Paris Saint Germain (PSG) no último domingo, 26 de janeiro.

A Midas Trend é suspeita de pirâmide financeira e saiu do Brasil deixando um rastro de desfalques que pode chegar às dezenas de minhares de pessoas no país. Mesmo assim, o presidente da empresa, Devanir Vieira, segue fazendo promessas nas redes sociais, inclusive de pagar os investidores que não recebem já há 4 meses.

Na partida deste domingo pelo campeonato francês, o logo da Midas Trend figurou nas mangas das camisas dos jogadores do Lille, que perdeu o jogo por 2 x 0, com dois gols marcados pelo brasileiro Neymar Jr..

Como noticiou o Cointelegraph Brasil, a Midas Trend anunciou no fim de janeiro que estava deixando o país devido à "falta de regulamentação" do mercado e das regras impostas pela Comissão de Valores Mobiliários. O presidente diz que vai anunciar um novo país-sede para a empresa "em breve".

Antes, em dezembro, surgiu uma entrevista antiga de Devanir Vieira dizendo que a autorização da CVM era só "um selo" e que não garantia nada.

Como outras empresas investigadas por fraude e pirâmide financeira, a Midas Trend oferecia "investimentos" em Bitcoin com retorno "garantido", apostando em um autoproclamado "marketing multinível" e ignorando as flutuações do mercado de criptomoedas ao garantir lucros muito acima do mercado.