O volume de negociação de derivativos de Bitcoin voltaram a empurrar o mercado para cima na semana passada. Dados extraídos da Skew mostram que as negociações de contratos futuros estão sendo fundamentais para segurar o preço do Bitcoin

Imagem: Skew

Quase US$ 29 bilhões foram negociados em swaps perpétuos de Bitcoin na última sexta-feira. A partir dessa análise, US$ 9.09 bilhões foram negociados na BitMEX, representando 30,31% do volume total, tendo a Okex se firmando como a principal bolsa de derivativos do mundo.

Contudo, é importante salientar que o aumento de volume na sexta-feira não recupera o tamanho do prejuízo dos últimos dias. Os derivativos de Bitcoin também foram afetados, especialmente os juros em aberto para swaps perpétuos.

O montante total de juros em aberto também caiu para uma baixa mensal de US$ 1.15 bilhões em 12 de março, representando uma queda de 49% em relação à alta de 30 dias na ordem de US$ 2.26 bilhões de 18 de fevereiro. Segundo dados da IntoTheBlock.

Imagem: IntoTheBlock

As atividades nas mesas de OTC, também estão apresentando alto volume de negociação, embora não haja dados consolidados sobre essas operações. À medida que o preço do Bitcoin despencava e os investidores mudavam para ativos de refúgio, como ouro e notas T dos EUA, a B2C2 com sede no Reino Unido supostamente estava batendo seu recorde de negociação por volume. Falando ao TheBlock, o fundador do B2C2, Max Boone, afirmou na semana passada que os volumes de OTC bateram recordes durante o sell-off.