A altcoin Tezos (XTZ) completou 3 meses de forte valorização e mostra sinais de força em sua disparada iniciada em outubro e que permanece empurrando o ativo em direção a novas máximas.

No acumulado dos últimos 3 meses, o XTZ tem crescimento de mais de 150%, tornando-se uma das criptomoedas com melhor desempenho do mercado.

No momento da redação deste artigo, o Tezos detém um valor de mercado superior a US$ 1,9 bilhão e é negociado na faixa de US$ 2,9. As linhas verdes do gráfico representam os comentários de usuários do Reddit sobre o XTZ.

Analisando a SMA 50, na linha amarela, fica claro que a disparada do Tezos parece ainda ter embalo. O RSI 21 do Tezos também indica sobrecompra do ativo, mantendo a pressão de compra.

A emissora do XTZ assinou em setembro do ano passado um acordo de US$ 1 bilhão com o maior banco de investimento do Brasil, o BTG Pactual, e com a empresa de gerenciamento de ativos Dalma Capital, de Dubai. Diante da notícia, o preço do XTZ reagiu rapidamente, aumentando 20% quase imediatamente no dia do acordo, firmado em 4 de setembro de 2019.

Uma previsão otimista indica que o XTZ iniciaria sua ascensão se atingisse US$ 10 em janeiro. Como o preço atual está em torno de US$ 2.90, atingir US$ 10 significaria um aumento de 500%, o que parece improvável no momento.

Segundo dados do site Cryptocompare, que utiliza índices de volume de todas as corretoras, o volume de negócios da Tezos nas últimas 24h é de US$ 16.30 milhões.

Como noticiou o Cointelegraph Brasil em dezembro, a Tezos abriu uma representação no Brasil e lançou curso de programação em blockchain.