12,5% de 'imposto' vai afetar diretamente mineradores de BCH; comunidade está dividida

As principais personalidades do Bitcoin Cash (BCH), incluindo o CEO da Bitmain, Jihan Wu, e o CEO da Bitcoin.com, Roger Ver, propuseram em 22 de janeiro um "plano de financiamento de infraestrutura" que levaria os mineradores a doar 12,5% de todas as recompensas por bloco minerado para uma entidade de Hong Kong. Muitos na comunidade se tornaram críticos duros da proposta.

O fundo seria usado para promover o desenvolvimento do Bitcoin Cash, que os mineradores argumentam ser uma "solução muito melhor" do que ter "doadores corporativos" independentes, como a empresa Blockstream de Bitcoin (BTC).

O financiamento inicial seria ativado em maio de 2020 e duraria seis meses. A receita esperada, com base nos preços atuais, seria de aproximadamente US$ 6 milhões. Esse dinheiro seria doado e administrado por uma corporação de Hong Kong. Vale a pena notar que a proposta seria ativada em torno do halving. Com as atuais recompensas em bloco, a receita seria de cerca de US$ 13 milhões

Publicado pelo CEO do pool de mineração Btc.top, Jiang Zhuoer, o post revelou que a proposta é apoiada por Jihan Wu, que controla os pools da Antpool e BTC.com; Haipo Yang, da ViaBTC; e Roger Ver, CEO da Bitcoin.com.

Juntos, eles representam aproximadamente 27% da hashrate do BCH, com a maioria nas mãos de mineradoras desconhecidas.

Um dos aspectos mais controversos da proposta é a disposição declarada de blocos "órfãos", que não iriam contribuir. Blocos órfãos é a prática de remover blocos da cadeia e geralmente é semelhante a um ataque de 51%.

Zhuoer revelou em um Reddit Ask Me Anything (AMA) que os organizadores desviariam parte de seu hashrate BTC, dos quais detêm 30%, para garantir a conformidade.

Críticas à comunidade

Muitos na comunidade Bitcoin Cash criticaram a decisão por vários motivos.

A principal preocupação é com a centralização. Os fundos seriam direcionados para uma corporação, em vez de uma fundação sem fins lucrativos. A ausência de qualquer tipo de procedimento de votação significaria que os proprietários da empresa teriam controle sobre todo o desenvolvimento do Bitcoin Cash, argumenta a comunidade.

Alguns também levantaram preocupações sobre a interferência do governo chinês. As questões de rentabilidade também foram mencionadas, pois o “imposto” afetaria diretamente o valor da receita destinada aos mineradores.

Amaury Séchet, desenvolvedor do Bitcoin Cash, defendeu a proposta argumentando que, devido à natureza da mineração, isso não é obrigatório. No entanto, ele admitiu que o controle dos fundos é uma questão importante. Séchet propõe um comitê de pessoas com um “histórico comprovado” de apoio ao projeto, que incluiria a si mesmo.

No AMA, Zhuoer deu respostas vagas a questões de governança, dizendo que esses detalhes "estão em discussão". Mas ele reiterou que, mesmo que os detalhes possam mudar, o imposto sobre mineração ainda será introduzido.

Os representantes da Bitcoin.com e da Btc.top não responderam imediatamente às perguntas do Cointelegraph.