Autoridades iranianas emitiram 1.000 licenças para mineração de criptomoedas

O Ministério das Indústrias, Mineração e Comércio do Irã emitiu mais de 1.000 licenças de mineração de criptomoeda para operações domésticas.

De acordo com um relatório publicado em 24 de janeiro pela mídia de referência do sistema econômico e bancário do Irã (IBENA), um membro da comissão de blockchain da Organização da Associação das Tecnologias de Informação e Comunicações (ICT), Amir Hossein Saeedi Nai, informou o público sobre o número de licenças emitido.

Ele explicou que, antes de iniciar uma operação de mineração no país, os empreendedores devem solicitar uma licença, acrescentando que o governo emitiu mais de 1.000 autorizações até o momento e várias fazendas de mineração já iniciaram operações. Nai estimou que, se o setor de mineração local funcionasse em plena capacidade, traria US$ 8,5 bilhões à economia local.

O papel da mineração na economia do Irã

As sanções bancárias dos Estados Unidos e de outros países ocidentais atingiram fortemente a economia do Irã. Nai disse que o país precisa de volumes de divisas e que a moeda digital pode ajudar a facilitar o comércio enquanto importa moeda estrangeira, além de ser usada para evitar sanções econômicas.

O funcionário explicou que a ICT está atualmente trabalhando para melhorar as condições de mineração de criptomoedas do Irã. A esperança é que a atividade de mineração local tenha um renascimento através da alteração das taxas de eletricidade e do aumento da cooperação entre os mineradores locais de criptomoedas e as usinas de queima de gás.

O Irã tem alguns dos preços mais baixos da energia no mundo, em US$ 0,007 por quilowatt-hora. No entanto, a recente escassez de energia e apagões levaram os reguladores a assumir um papel mais ativo no gerenciamento das fontes de energia do país e, portanto, adotam uma abordagem rigorosa à mineração de criptomoedas.

O aumento da mineração de criptomoedas no Irã levou o governo a aumentar significativamente suas tarifas de eletricidade para o setor dos mencionados US$ 0,007 para US$ 0,07 por hora - o mesmo preço das exportações de eletricidade.

Em agosto de 2019, a polícia iraniana prendeu máquinas de mineração de criptomoedas não registradas. Como o Cointelegraph relatou, as autoridades do país chegaram ao ponto de oferecer uma recompensa a qualquer pessoa que exponha operações de mineração não autorizadas no país.