Entrevista: Craig Wright ainda tem '99,999%' de certeza que terá acesso à 1 milhão de BTC

Falando com a equipe do Cointelegraph em 20 de janeiro, Craig Wright continuou confiante de que terá acesso à fortuna em Bitcoin que ele afirma estar trancada no Tulip Trust.

Acesso ao Tulip Trust

Em relação ao controverso Tulip Trust e sua capacidade final de acessar sua fortuna relatada em bitcoins, Wright disse ao Cointelegraph:

"Estou com 99.9999% e mais alguns 9 de certeza de que assumirei o controle do meu BTC e de qualquer outra coisa."

Craig Wright é uma das mais famosas figuras, dentre as muitas, que afirmam ser Satoshi Nakamoto, o pseudônimo do autor (ou autores) do whitepaper do Bitcoin de 2008. Desde fevereiro de 2018, Wright está preso em uma batalha judicial com os bens de David Kleiman, seu ex-parceiro falecido. O que está em jogo é uma fortuna de um milhão de Bitcoin - no valor de aproximadamente US$ 8 bilhões no momento desta publicação. 

As chaves perdidas

Se Wright pode ou não acessar essa fortuna é um dos principais pontos desse caso. Isso ficou evidente recentemente nas principais flutuações de preço do Bitcoin SV, promovido por Wright, que caiu 18% em 18 de janeiro com a notícia de que os documentos que Wright arquivou no tribunal continham chaves, mas apenas chaves públicas. As chaves privadas ainda estão "nas mãos" do trust (fundo).

Wright disse que ele formou o trust "quando o Bitcoin não valia nada" como uma medida para garantir seus ativos em potencial. Quando perguntado por que ele próprio não é um dos curadores, ele disse:

"Porque sou inteligente o suficiente para não ser. Porque então as pessoas poderiam me forçar a mover moedas. Você pode pegar os bens dos curadores. Se fosse meu, as pessoas poderiam ter apreendido meus ativos.”

Atividade atual do Bitcoin SV

O roteiro complicado do caso Kleiman vs. Wright foi seguido por extrema turbulência no preço do Bitcoin SV. Wright foi desdenhoso com relação ao mercado atual, chamando-o de "basicamente uma regurgitação de todas as coisas estúpidas que aconteceram".

Volte amanhã ao Cointelegraph para assistir à entrevista completa.