No último trimestre de 2019, o software blockchain de código aberto Fabric, da Hyperledger, teve mais atividade do que a plataforma Corda da R3.

A empresa de serviços Blockchain Chainstack publicou recentemente um relatório sobre a atividade do desenvolvedor em seis grandes cadeias de empresas, mostrando que o Fabric ultrapassou o Corda em relação à atividade do desenvolvedor em seu repositório. Um gráfico incluído no relatório mostra que a atividade do desenvolvedor do Fabric excedeu o do Corda no quarto trimestre de 2019.

Atividade total do GitHub por protocolo. Fonte: Chainstack

Crescimento do Fabric após a mudança para o GitHub

O aumento na atividade de desenvolvedor do Fabric acompanhou de perto a transição do projeto da ferramenta de gerenciamento de código Gerrit para o GitHub, em novembro de 2019. A Chainstack afirma que todos os outros projetos de blockchain corporativos incluídos no gráfico usaram o GitHub desde o início.

Os dados relatados mostram que existem 17.561 desenvolvedores exclusivos trabalhando no Fabric, enquanto 5.678 estão desenvolvendo o Corda. Ao mesmo tempo, os desenvolvedores do Corda fizeram mais contribuições de código, em 30.382, para as 12.439 do Fabric.

A Chainstack também observou que o Fabric tem consistentemente a menor quantidade média de empurrões por desenvolvedor. O Corda, por outro lado, tem um grupo de colaboradores dedicados que lançam novo código em tempo integral.

O relatório também mostra que o Corda, Fabric e Quorum - uma bifurcação da Ethereum para empresas - respondem por 86% do número total de desenvolvedores exclusivos que lançaram código no espaço. Além disso, o Quorum registrou um aumento duplo no número médio de colaboradores desde meados de 2018 e até 2019. No geral, o relatório conclui:

“Com base nos seis protocolos analisados para este relatório, podemos ver que o número de desenvolvedores que contribuem para a maior parte do mercado de blockchain corporativo se multiplicou por 12 nos últimos três anos, demonstrando um forte interesse comercial. Também é claro ver que a atividade [...] nesta parte do cenário empresarial de blockchain atingiu um certo grau de estabilidade.”

Atividade total do desenvolvedor ao longo do tempo para todos os projetos de blockchain corporativos. Fonte: Chainstack

À medida que as grandes empresas começam a aplicar a tecnologia blockchain a vários aspectos de seus modelos de negócios, o interesse nas plataformas corporativas blockchain está aumentando, pois permite que empresas não orientadas a blockchain contratem o desenvolvimento de sua plataforma, em vez de criarem suas próprias "internamente".

Recentemente, a Telefonica, gigante espanhola de telecomunicações, fez uma parceria com a Associação local de Parques de Ciência e Tecnologia para conceder acesso à sua blockchain, baseada em Hyperledger, a cerca de 8.000 empresas na Espanha.

Em meados de dezembro de 2019, a gigante multinacional de serviços de TI, Tata Consultancy Services, lançou um kit para acelerar o desenvolvimento de aplicativos blockchain. A ferramenta suporta os protocolos Hyperledger, Ripple, Corda e Ethereum.