Blockchain, não Bitcoin: volume de BTC da China na LocalBitcoins atinge menor nível em 2 anos

Os volumes de negociação de Bitcoin (BTC) da China continuaram caindo, atingindo uma baixa de dois anos na LocalBitcoins.

De acordo com o site de estatísticas Bitcoin, Coin Dance, os volumes de negociação do BTC na China vêm caindo gradualmente desde o final de 2019 até o presente, atingindo o menor volume semanal em mais de dois anos.

Durante a semana que terminou em 25 de janeiro, a China negociou cerca de 4,5 milhões de yuans (US$ 648.000) na LocalBitcoins, uma queda de mais de 90% em relação à alta semanal de mais de 45 milhões de yuans (US$ 6,4 milhões).

A maior alta histórica de negociações semanais de Bitcoin da China na LocalBitcoins foi atingida em janeiro de 2018 e representa 168,6 milhões de yuans (US$ 24,3 milhões).

Weekly LocalBitcoins volume for Chinese yuan. Source: Coin Dance

Volume semanal na LocalBitcoins por yuan chinês. Fonte: Coin Dance

Abordagem chinesa é focada na blockchain e não no Bitcoin

O novo volume baixo de negociação de Bitcoin da China ocorre apenas três meses depois que o presidente Xi Jinping chamou o país a acelerar a velocidade da adoção da blockchain, no final de outubro de 2019. De acordo com dados da Coin Dance, os volumes de negociação de BTC da China caíram ainda mais depois do discurso público do presidente, que supostamente reforça a abordagem chinesa de blockchain e não Bitcoin.

Conforme relatado, a mídia estatal chinesa esclareceu que a posição positiva de Pequim sobre a tecnologia blockchain não deve ser confundida com o suporte a criptomoedas como o Bitcoin. No entanto, as autoridades chinesas confirmaram no início de novembro que a mineração de Bitcoin não será uma indústria indesejada no país.

Enquanto isso, o banco central da China, o Banco Popular da China, está progredindo com sua moeda digital do banco central e concluiu recentemente seus primeiros testes, conforme relatado em meados de janeiro.

Pesquisas no Baidu por Bitcoin também caem em meio ao Ano Novo da China

Correlacionando com os indicadores de Bitcoin em queda na LocalBitcoins, os volumes de pesquisa sobre Bitcoin no mecanismo de pesquisa da China e na plataforma de serviços da web, Baidu, também teriam caído. De acordo com a plataforma de educação blockchain Longhash, o índice de pesquisa no Baidu do Bitcoin recentemente sofreu uma queda acentuada, atingindo uma nova baixa mensal de 12.913 pesquisas.

O declínio geral dos indicadores relacionados ao Bitcoin na China ocorre em meio ao feriado mais importante do país, o Ano Novo Chinês, que começou em 25 de janeiro deste ano. O início de 2020, de acordo com o calendário chinês tradicional, foi perturbado pela incerteza provocada por um novo surto de coronavírus na China, que é sugerido como um dos fatores por trás de uma recente liquidação do Bitcoin.