Argo Blockchain vê receita de mineração subir dez vezes em 2019

A empresa de mineração de capital aberto Argo Blockchain teve um aumento de dez vezes na receita em 2019 em relação ao ano anterior, relata a ProactiveInvestors em 20 de janeiro. Suas ações saltaram à medida que a empresa planeja maior expansão no próximo ano.

A Argo Blockchain PLC é uma empresa que opera plataformas de mineração com fins lucrativos, além de fornecer Mineração como Serviço (MaaS) para investidores institucionais que “procuram guardar moedas específicas, mas não desejam adquirir por meio de exchanges”.

Sediada em Londres e listada na London Stock Exchange (LSE), sua capacidade de mineração é declaradamente baseada em Quebec, utilizando a energia hidrelétrica barata da região.

Em uma atualização, a empresa informa que espera que a receita de 2019 seja de £ 8,5 milhões (US$ 11 milhões), um aumento de mais de dez vezes maior do que o de 2018 de US$ 760.000 (US$ 987.000), apesar de uma desaceleração significativa no último trimestre do ano.

A empresa produziu 432 Bitcoin (BTC) durante sua operação, em comparação com 426 no terceiro trimestre de 2019. No entanto, sua receita caiu de £ 3,63 milhões (US$ 4,7 milhões) no terceiro trimestre para £ 2,66 milhões (US$ 3,45 milhões) no quarto trimestre, citando um declínio no preço da criptomoeda, “maior dificuldade de mineração” e taxas de câmbio desfavoráveis.

As margens de mineração, ou o valor das moedas em comparação com o custo de produção, permaneceram saudáveis ​​em 52% no quarto trimestre de 2019, apesar de uma queda de 73% no terceiro trimestre.

A empresa está comprometida em expandir significativamente sua operação, quase dobrando suas plataformas de mineração a partir do início de 2020. Seu objetivo é atingir 17.000 plataformas de mineração até o final do primeiro trimestre de 2020.

Pressão do halving do Bitcoin

A maior parte do poder de mineração da Argo Blockchain é relatada em plataformas de mineração de Bitcoin. Como o halving do Bitcoin está previsto para ocorrer em maio, o setor de mineração está sentindo a pressão de uma queda de 50% nas taxas de expansão da oferta. A Bitmain, um dos principais produtores de plataformas de mineração, demitiu 50% de sua equipe em antecipação ao evento.

Embora a Argo afirme ter “uma das mais altas taxas de eficiência do mercado”, o halving provavelmente será um período de grande incerteza.

O choque de receita pode ser compensado por um aumento apropriado no preço do Bitcoin, pois vários especialistas afirmam que o halving não foi precificado pelo mercado. No entanto, outros argumentam que isso não levará ao aumento do preço do BTC.