Hoje, o presidente do Federal Reserve dos Estados Unidos, Jerome Powell, fará um discurso sobre a política monetária do Fed. Ao contrário das expectativas, pode não ter um grande impacto no preço do Bitcoin (BTC).

Gráfico de preços diários do Bitcoin. Fonte: TradingView.com

Os mercados estão aparentemente esperando que o Fed apresente mudanças significativas em suas políticas. Alguns estrategistas disseram que o Fed pode permitir que a inflação ultrapasse 2% para compensar a desaceleração da economia.

Se isso acontecer, no médio a longo prazo, pode ser um catalisador para ativos 'portos seguros', como ouro e potencialmente Bitcoin, dada sua estreita correlação nos últimos meses.

Bitcoin vs. preço do ouro. Fonte: Skew

Um discurso histórico está chegando, mas o mercado pode estar precificado

No entanto, Tom Graff, chefe de renda fixa da Brown Advisory, sugeriu que o mercado pode não mostrar uma forte reação.

Os investidores estão um tanto cientes do que Powell deve dizer na conferência de Jackson Hole. Muitos analistas preveem que o Fed manterá as taxas de juros baixas no futuro próximo e possivelmente permitirá que a inflação suba.

Teoricamente, dado que a inflação poderia prejudicar o valor do dólar americano, ela posteriormente beneficiaria o ouro e o Bitcoin. No entanto, tanto o ouro quanto o Bitcoin ficaram estagnados na semana passada, enquanto o mercado de ações dos EUA se recuperou.

Graff acha que o Fed terá de demonstrar sua disposição de se submeter a uma grande reformulação das políticas por meio de suas ações. Até então, o estrategista disse que o mercado teria dificuldades para acreditar no Fed.

Ele enfatizou que o Fed carece de credibilidade entre os investidores, o que pode afetar a resposta do mercado ao simpósio. Graff explicou:

“A credibilidade do banco central é crucial. Atualmente, eles não têm nenhuma credibilidade de que podem ou estão dispostos a permitir que a inflação seja superior a 2%, e isso é um problema. As ações vão falar mais alto do que palavras. O mercado vai ter que vê-los não aumentar as taxas de juros, mesmo com o desemprego caindo muito antes que eles acreditem.”

O ceticismo do mercado em relação ao discurso de Powell explica o declínio contínuo do preço do ouro. Desde que atingiu um novo recorde de US$ 2.075 em 6 de agosto, o ouro caiu cerca de 6,5%, para US$ 1.940.

Winklevoss sugere que inflação mais alta é positiva para Bitcoin

No longo prazo, investidores ávidos de Bitcoin e executivos da indústria preveem taxas de juros baixas e inflação mais alta como um catalisador para que o preço do Bitcoin suba.

Tyler Winklevoss, um investidor bilionário do Bitcoin e cofundador da exchange Gemini, disse que o Fed tem sido o maior "impulsionador" do Bitcoin. Ele disse:

“O Fed, sob a liderança de Jerome Powell, continua a ser o maior impulsionador do Bitcoin. Na quinta-feira, ele fará um discurso sobre como o Fed começará a ter como meta uma inflação mais alta.”

Referindo-se ao simpósio do Fed em Jackson Hole, Bill Barhydt, CEO da Abra, disse que o Fed está alimentando o sentimento em torno do Bitcoin. Ele adicionou:

“O Bitcoin não precisa do Fed para ter sucesso, mas se eles insistem em jogar gasolina no fogo, que assim seja.”

Leia mais: