O trader e analista de criptomoedas Tyler Swope, que tem mais de 227.000 seguidores em seu canal do YouTube, dedicou algum tempo nesta semana para falar do airdrop de duas criptomoedas que podem disparar nas próximas semanas.

Swope lembra aos demais traders do cuidado que é necessário com o lançamento de Airdrops, ressaltando que já que esses criptoativos tendem a seguir um ciclo de consolidação e realização de lucros antes de outra etapa de alta.

Entre as moedas que devem lançar airdrops está o token FLX, um "token de desgovernança" atrelado aos índices da plataforma Reflexer Labs. Os índices Reflex não são lastreados em nenhum ativo ou título e os tokens seriam estáveis com "liquidez livre". Sobre o FLX, Tyles Swope diz:

"Estou dizendo que na próxima semana, uma semana e meia, esta pode ser uma ótima oportunidade porque é um projeto muito badalado e você pode pedir seu airdrop agora mesmo... Eles vão fazer um lançamento e, basicamente, se você fornecer a liquidez para suas carteiras, será elegível para receber os tokens. Então, tudo o que você precisa fazer é ir para o aplicativo reivindicar algo do tipo 'Ei, quero meu airdrop'”.

O outro projeto destacado pelo youtuber e analista é o Ethereum Push Notification Services e seu token PUSH. Segundo ele, o PUSH, hoje abaixo do Top 1.000 do CoinMarketCap, está sendo negociado a um preço muito menos do que quando foi lançado, oferecendo uma boa oportunidade de negociação:

“A Ethereum Push Notification Service anunciou seu airdrop recentemente. Este também é um token muito badalado. Muitos grandes desenvolvedores da Ethereum estão entusiasmados com ele. Houve uma queda, é claro, mas ela já está sendo superada, só durou alguns dias. O PUSH atingiu o pico de US$ 8 e agora estamos caindo, atingindo US$ 2,56.”

Vale sempre lembrar que esta matéria não é uma indicação de investimentos e que cada trader precisa fazer sua pesquisa antes de investir qualquer quantia em qualquer ativo.

A blockchain Solana também recebeu uma série de airdrops recentemente, o que acabou impulsionando o token SOL, que subiu mais de 50% no último mês.

O Cointelegraph Brasil também publicou no fim de março seis formas de conseguir criptomoedas "de graça", entre elas através de airdrops.

LEIA MAIS