Hoje, o valor das ações da Tesla estabeleceu um novo recorde em US$ 1.027, elevando a capitalização de mercado a US$ 188 bilhões e também superando o valor de mercado total do Bitcoin (BTC), que gira em US$ 181 bilhões.

Embora o valor das ações da Tesla e o preço do Bitcoin não estejam interconectados, há uma comparação simbólica entre os dois, pois o mesmo investidor FOMO que conduziu vários comícios de Bitcoin no passado parece estar presente no mercado de ações.

O preço das ações da Tesla atinge o nível mais alto de todos os tempos. Fonte: Tradingview

O FOMO se espalhará pelo Bitcoin?

Recentemente, o CEO da Tesla, Elon Musk, anunciou planos de avançar com o lançamento de um caminhão autônomo e analistas especulam que essa decisão esteja alimentando parcialmente o rali da ação.

Enquanto o hype em torno do caminhão pode ter contribuído para elevar o preço da Tesla hoje, todo o mercado de ações esteve em alta na semana passada.

A Nasdaq, uma bolsa dominada por ações da FAANG, incluindo Microsoft, Apple e Microsoft, também continua sua recuperação acima do seu recorde. Apesar da queda abrupta de 37% do Dow Jones Industrial Average (DJIA), impulsionada pelo coronavírus, em março, o Nasdaq subiu mais de 10% no ano.

O frenesi do varejo em torno do mercado de ações se tornou tão intenso que traders profissionais dizem que nunca viram nada próximo a ele nas últimas décadas.

Dennis Dick, trader da Bright Trading LLC, disse à Reuters:

"Nos meus 20 anos de experiência, nunca vi comerciantes de varejo comprarem ações como estão fazendo agora."

O Bitcoin, por outro lado, não tem visto tanta demanda de varejo desde maio. O ativo digital com melhor classificação registrou uma forte tendência de alta de março a abril, com o preço do BTC subindo de US$ 3.600 para US$ 8.000 e, eventualmente, chegando a US$ 10.440.

No entanto, a notável mudança na demanda de varejo por ativos de risco como Bitcoin para ações aumenta a incerteza em torno do BTC a curto e médio prazo.

O volume spot do Bitcoin caiu consistentemente desde maio. Fonte: Skew

Como os investidores de varejo nos EUA se concentram predominantemente em ações, os traders questionam de onde virá a próxima fonte de demanda para o Bitcoin. Com base na tendência de preços do Bitcoin nos últimos seis meses, a fonte mais provável de demanda no curto prazo são as instituições.

De acordo com a Fidelity, mais de um terço dos investidores institucionais nos EUA estão investindo em Bitcoin ou Ether.

Combine isso com a alta entrada recorde de fundos institucionais no veículo de investimento de Bitcoin de capital aberto da Graycale e pode-se concluir que as instituições podem liderar o próximo comício do Bitcoin.

O mercado cripto precisa de um frenesi para mover o varejo

Desde o final de maio, houve uma falta de volatilidade no mercado de criptomoedas, uma vez que a atividade de comércio varejista nos mercados futuros e spot de Bitcoin aparentemente mudou para o mercado de ações dos EUA.

Para que o Bitcoin inicie um novo aumento sustentado, o criptoativo precisa ver níveis mais altos de volume spot, como visto em meados de maio.

Leia mais: