Desde que caiu para um mínimo de 2020 em US$ 0,93 em 12 de março, o Tezos (XTZ) estava em chamas, ganhando 207% e a uma curta distância de sua máxima histórica de US$ 3,96. Para os investidores, a única questão que resta agora é: quando isso vai parar? 

Desempenho diário do mercado de criptomoedas. Fonte: Coin360

Normalmente, tais movimentos começam a mostrar sinais de superextensão à medida que o ativo se torna sobrecomprado e os comerciantes acabam decidindo obter lucros. No momento, o Tezos parece estar corrigindo um pouco, já que o preço recuou 5,69% desde que atingiu uma alta mensal de US$ 2,90, mas a tendência de alta acabou ou está começando um período de consolidação?

Vamos dar uma olhada no Tezos para ver se há sinais de que a tendência de alta atual pode continuar.

Gráfico diário BTC USDT. Fonte: TradingView

Embora o XTZ tenha sofrido uma ruptura nos pares BTC e USDT, a altcoin encontrou resistência nos níveis de retração de Fibonacci de 61,8%, assim como o Bitcoin (BTC) e muitas outras altcoins estão no momento.

Como pode ser visto no gráfico diário, o XTZ formou uma ponta de pinça próxima a US$ 2,85 antes de recuar abaixo do nível de Fib de 61,8%. O movimento recente acima de US$ 2,58 elevou o preço do XTZ acima do canal ascendente, mas antes disso, cada movimento de 25% ou mais era seguido por um novo teste do suporte subjacente, para que a retração atual pudesse simplesmente ser uma repetição da ação anterior do preço do XTZ.

Atualmente, o preço é mantido pelo nó VPVR de alto volume em US$ 2,72, mas uma queda abaixo desse nível provavelmente levaria o preço ao canal superior do canal ascendente, onde há suporte a US$ 2,59. Abaixo disso, os traders procurarão uma recuperação no nível 50% Fib (US$ 2,44). Abaixo do nível 50% Fib, o próximo suporte é de US$ 2,35. O índice de força relativa caiu ligeiramente, mas permanece acima da linha de tendência ascendente e na zona de alta. 

Gráfico de 4 horas do BTC USDT. Fonte: TradingView

No período de quatro horas, os traders perceberão que a MACD caiu abaixo da linha de sinal e os altos aumentos de volume que levaram o preço a novos máximos diários praticamente desapareceram. Atualmente, o XTZ negocia abaixo da média móvel da Bollinger Band e, como mencionado anteriormente, o VPVR mostra novamente que, abaixo de US$ 2,72, não há muita demanda até US$ 2,35, um pouco abaixo do nível de 50% de Fib.

Para o operador de curto prazo, observe os prazos mais curtos para ver se o XTZ pode começar a formar um padrão de mínimos mais altos e, em seguida, defina um fechamento de 4 horas acima de US$ 2,79 e US$ 2,85. Como alternativa, os negociadores podem esperar uma quebra acima de US$ 2,92, pois o VPVR no período diário e de 4 horas mostra resistência mínima acima desse nível.

Leia mais:

As visões e opiniões expressas aqui são exclusivamente do autor e não refletem necessariamente as visões do Cointelegraph. Todo movimento de investimento e negociação envolve risco. Você deve realizar sua própria pesquisa ao tomar uma decisão.