As visões e opiniões expressas aqui são exclusivas do autor e não refletem necessariamente as opiniões do Cointelegraph. Todo investimento e movimentação comercial envolve risco. Você deve realizar sua própria pesquisa ao tomar uma decisão.

Dados de mercado são fornecidos pela exchange HitBTC.

O montante global da dívida com rendimentos negativos subiu para US$ 15 trilhões, segundo o Deutsche Bank. Embora os rendimentos nos Estados Unidos ainda estejam no verde, o presidente Donald Trump tem pressionado o Fed a cortar as taxas de forma agressiva. Se os EUA também se juntarem ao grupo do rendimento negativo, as criptomoedas poderão crescer.

O CEO da Coinbase, Brian Armstrong, disse que os investidores institucionais estão tendo um grande interesse em criptomoedas. Segundo ele, US$ 200 a US$ 400 milhões em depósitos de cripto são feitos toda semana.

Esta é apenas uma parcela muito pequena do dinheiro institucional, mas se as questões geopolíticas globais e as guerras cambiais se agravarem, esperamos uma entrada deles maior no futuro.

Tom Lee, da Fundstrat Global Advisors, acredita que o Bitcoin (BTC) “está apenas descansando” e potencialmente poderia avançar para novos patamares até o final de 2019. A natureza não correlacionada do Bitcoin para ações e títulos naturais o torna uma aposta atraente para quem quer para proteger seu portfólio.

Então, os traders devem comprar a queda atual ou os preços cairão ainda mais? Analisemos os gráficos.

BTC/USD

O Bitcoin (BTC) se recuperou dos US$ 9.517,57 de 15 de agosto, o que é um sinal positivo. Isso mostra que os apoiadores da cripto estão dispostos a comprar em mergulhos mais próximos de um forte suporte.

Como esses otimistas mais agressivos podem ter comprado o primeiro mergulho, seria interessante ver se o rebote aguentaria ou quebraria.

Se o par BTC/USD não escalar acima de ambas as médias móveis nos próximos dois dias, poderemos ver outra queda para US$ 9.080. Mergulhos repetidos em um nível de suporte o enfraquecem.

Se este nível for rompido, o próximo nível a ser observado no lado negativo é de US$ 7.451,63. Tal movimento amortecerá o sentimento e pode atrasar a próxima etapa do movimento ascendente.

Porém, se a próxima queda para US$ 9.080 for comprada agressivamente, poderemos sugerir posições compradas mais uma vez, porque ela oferecerá uma oportunidade de compra de baixo risco.

O primeiro alvo de alta é de US$ 12.000, acima do qual é provável que um reteste da alta anual aconteça, mas se os otimistas não conseguirem escalar acima de US$ 12.000, a criptomoeda pode permanecer limitada por alguns dias.

Ambas as médias móveis são planas e o RSI está um pouco abaixo de 50, o que sugere um equilíbrio entre compradores e vendedores. Portanto, estamos atualmente neutros no par.

ETH/USD

O Ether (ETH) quebrou abaixo do suporte crítico de US$ 192,945 em 14 de agosto. Este é um sinal de baixa porque abre as portas para uma queda para o próximo suporte em US$ 164. Ambas as médias móveis caíram e o RSI está próximo dos níveis de sobrevenda, o que sugere que os pessimistas estão no comando.

Atualmente, os touros estão tentando impulsionar o par ETH/USD acima de US$ 192,945. Uma tentativa de recuperação enfrentará resistência na EMA de 20 dias e, posteriormente, na SMA de 50 dias. Se ambas as resistências forem vazadas, o par pode subir para US$ 320,84.

Vamos observar a ação do preço nos próximos dias e recomendar uma posição longa se descobrirmos que os compradores estão de volta à ação.

XRP/USD

O XRP despencou abaixo do apoio crítico de US$ 0,27795 em 14 de agosto e caiu para uma nova baixa anual de US$ 0,225 em 15 de agosto, o que é um sinal de baixa. Isso mostra que os defensores da cripto antecipam níveis ainda mais baixos no futuro, portanto, não estão comprando agressivamente.

Ambas as médias móveis apontam para baixo e o RSI está em território de sobrevenda, o que mostra que os pessimistas estão firmemente no comando. Porém, depois de quebrar um nível maior, geralmente temos um rali de recuo.

Se os otimistas puderem rapidamente empurrar o preço de volta para acima de US$ 0,27795, isso indicará que o colapso atual seria uma armadilha para os pessimistas e poderia oferecer uma oportunidade de compra.

No entanto, se o par XRP/USD cair de US$ 0,27795, é provável que ele retome seu movimento de queda em direção ao seu objetivo de US$ 0,19.

BCH/USD

O fracasso em romper a barreira de US$ 345,8 em 14 de agosto atraiu vendedores e o Bitcoin Cash (BCH) caiu para o "pescoço" de cabeça e ombros (nacklace of head and shouders - H&S), desencadeando a stop loss.

Embora os otimistas defendessem o pescoço, a falha em empurrar o preço para cima da EMA de 20 dias pode atrair outra rodada de vendas. A próxima queda no pescoço provavelmente a quebrará.

Se o par BCH/USD quebrar e fechar (fuso horário UTC) abaixo do pescoço, ele completará o padrão H&S. Embora o objetivo alvo deste padrão de baixa seja muito menor, esperamos que alguns comprem perto de US$ 166,98.

Ao contrário da nossa suposição, se o par romper os US$ 360, é provável que ele suba para US$ 428,54 e ainda além dele - para US$ 500. Gostaríamos de Esperar que a criptomoeda se sustentasse acima de 360 dólares antes de recomendar as posições compradas novamente.

LTC/USD

O Litecoin (LTC) quebrou abaixo do apoio crítico de US$ 76,7143 em 14 de agosto. Embora esteja em 61,8% no nível de retração de Fibonacci do rali, os otimistas não foram capazes de empurrá-lo de volta para cima de US$ 76,7143, o que é um sinal de baixa.

Ambas as médias móveis estão tendendo para baixo e o RSI está próximo do território de sobrevenda, o que mostra que o caminho de menor resistência é para o lado negativo. Em uma queda abaixo de US$ 69,9227, o par LTC/USD pode cair para US$ 58.

Nossa visão de baixa será invalidada se o par inverter a direção dos níveis atuais e sair da EMA de 20 dias. Esse será o primeiro sinal de que os níveis novamente se tornaram atraentes para os compradores.

BNB/USD

O Binance Coin (BNB) entrou em uma consolidação em uma tendência de alta. Embora esteja abaixo de ambas as médias móveis, os pessimistas não poderiam lev-alo para baixo do menor apoio de US$ 26,202, o que é um sinal positivo. Isso mostra que os investidores não estão despejando suas posições ainda.

No entanto, se o par BNB/USD quebrar os US$ 26,202, ele pode cair para US$ 24,1709, que é um apoio forte. Se esse apoio ceder, alguns traders podem desistir de suas posições. O próximo suporte no lado negativo é de US$ 18,3.

Por outro lado, se o par for de US$ 26,202 ou de US$ 24,1709, ele pode subir para US$ 32. Ficaremos otimistas se os defensores impulsionarem o preço acima de US$ 32,5. Esperaremos a retomada da tendência de alta antes de recomendar uma posição comprada.

EOS/USD

O EOS está se consolidando em uma tendência de baixa. Os otimistas compraram o mergulho para o apoio crítico de US$ 3,3 em 15 de agosto, o que é um sinal positivo. Entretanto, a menos que o preço fique rapidamente acima da MME de 20 dias, prevemos que os pessimistas façam outra tentativa de quebrar abaixo do suporte.

As médias móveis descendentes e a zona próxima à sobrevenda do RSI mostram que os pessimistas que dão as cartas. Se o suporte for US$ 3,3, a tendência de baixa pode se estender para US$ 2,2.

Ao contrário do que imaginávamos, se os touros defenderem o suporte em US$ 3,3, o par EOS/USD poderá subir para a EMA de 20 dias e, acima dela, para o topo da faixa em US$ 4,8719. Ficaremos otimistas se o preço estourar e se manter acima de US$ 4,8719, pois indicará o início de uma nova tendência de alta. Até lá, continuamos neutros na criptomoeda.

BSV/USD

O Bitcoin SV (BSV) quebrou abaixo do suporte de US$ 136,89 em 14 de agosto, mas os vencedores não conseguiram reduzir o preço para US$ 107, como havíamos antecipado. Os pessimistas compraram o prêmio para US$ 123,67 e estão tentando elevar o preço acima de US$ 136,89.

Se bem sucedido, o par BSV/USD pode permanecer limitado ao intervalo entre US$ 136,89 e US$ 160,35 para os próximos dias. Uma quebra de US$ 160,35 pode levar o preço a US$ 188,69.

Por outro lado, se o preço cair abaixo de US$ 136.89 ou abaixo da EMA de 20 dias, ele pode escorregar para o suporte crítico de US$ 107. Sugerimos que os traders esperem que a tendência se torne de alta antes de comprar.

XMR/USD

O Monero (XMR) quebrou abaixo do canal ascendente e caiu perto do próximo suporte de US$ 72 em 15 de agosto, levando ao acionamento de nossa recomendada stop loss a US$ 77. A linha de suporte anterior do canal agora provavelmente agirá como uma resistência.

 

 

Se os otimistas não conseguirem entrar novamente no canal dentro dos próximos dois dias, o par XMR/USD voltará a cair para US$ 72. Se esse suporte for rompido, o próximo nível a ser observado no lado negativo é US$ 60. Ambas as médias móveis começaram a descer e o RSI também mergulhou na zona negativa, o que sugere que os atacantes (pessimistas) têm a vantagem.

Por outro lado, se o suporte for de US$ 83, o par pode permanecer limitado pelo intervalo nos próximos dias. No lado positivo, uma quebra das médias móveis pode levar o preço a US$ 98,2939. Vamos aguardar uma nova configuração de compra antes de propor uma posição mais longa nela novamente.

XLM/USD

O Stellar (XLM) quebrou do suporte crítico em US$ 0,072545. Ambas as médias móveis estão inclinadas para baixo e o RSI está na zona de sobrevenda, o que mostra que os pessimistas estão no comando.

Se o preço se mantiver abaixo de US$ 0,072545, a moeda digital iniciará uma nova tendência de baixa que pode expandir a queda para US$ 0,05.

 

Nossa visão de baixa será invalidada se o par XLM/USD rapidamente mudar e subir acima de US$ 0,072545, o que indicará a compra em níveis mais baixos. Em uma tendência de baixa, embora o preço possa parecer atraente, é difícil prever onde o fundo vai se assentar. Normalmente, as tendências de baixa não terminam sem a venda em pânico.

Portanto, sugerimos que os traders esperem o declínio terminar antes de se tornarem positivos.

Dados de mercado são fornecidos pela exchange HitBTC.