As visões e opiniões expressas aqui são exclusivas do autor e não refletem necessariamente as opiniões do Cointelegraph. Todo investimento e movimentação comercial envolve risco, você deve conduzir sua própria pesquisa ao tomar uma decisão.

Dados de mercado oferecidos pela exchange HitBTC.

O CEO da Blockstream Adam Back disse em uma recente discussão em um painel que os desenvolvimentos do espaço cripto estão ocorrendo em ritmo muito mais rápido que na era .com. Embora inúmeras novas ideias e casos de uso estejam sendo gerados na aplicação dessa tecnologia, Back acredita que ainda estamos nos estágios iniciais do que pode ser construído.

Os desenvolvimentos fundamentais em blockchain e no espaço cripto forçaram muitos importantes críticos a recuar recuar em suas declarações e adotar a tecnologia. O presidente do Banco de Compensações Internacionais (BIR, Augustin Carstens, disse em uma entrevista recente que muitos bancos centrais estão trabalhando no sentido de lançar versões digitais de suas moedas nacionais e o BIS está apoiando-as. Apenas alguns meses atrás, Carstens alertou sobre vários riscos para os bancos que seguissem esse caminho.

Depois da disparada depois da longa baixa, a próxima pergunta para todos os traders é se o pico de curto prazo passou ou se esta é uma oportunidade de compra antes que a tendência de alta seja retomada. Isso é difícil de prever, mas os gráficos dão uma boa ideia do que esperar. Vamos analisar os gráficos das principais criptomoedas e estabelecer os níveis críticos a serem observados.

BTC/USD

O Bitcoin (BTC) atingiu um muro de resistência perto de US$ 12.500 em 28 de junho e 29. Falha dos touros na retomada da tendência de alta atraiu a reserva de lucro. Atualmente, o preço voltou a cair para o EMA de 20 dias. Se a tendência de alta tiver que ser retomada, os touros terão que defender a zona de suporte de US$ 10.740,35– US$ 9.977,13. Uma quebra desta zona pode arrastar o preço para o SMA de 50 dias.

O par BTC/USD estará no território dos ursos se ceder à SMA de 50 dias. Normalmente, os ralis verticais são seguidos por retrocessos acentuados. Por isso, é difícil identificar o nível de onde o par irá retroceder.

O EMA de 20 dias se achatou e o RSI também caiu próximo ao ponto médio. Isso aponta para uma formação de uma faixa de preços no curto prazo. Uma consolidação após um rali tão acentuado será um sinal positivo. Isso indicará que os traders não estão em fuga. Vamos esperar que a correção termine antes de sugerir uma posição longa mais uma vez.

ETH/USD

O Ether (ETH) chegou perto da resistência de US$ 320,840, mas não conseguiu fechar (UTC) acima dela, portanto, não acionou nossa recomendação de compra oferecida na análise anterior. A moeda digital inverteu a direção de US$ 320,840 e foi corrigida de volta para a EMA de 20 dias.

Se os touros não conseguirem defender a MME de 20 dias, uma queda para o SMA de 50 dias é possível. Este é um suporte crítico, porque o preço não é operado abaixo disso desde 18 de fevereiro deste ano. Portanto, observaremos de perto a ação do preço nesse nível e poderemos sugerir posições longas se o preço se recuperar drasticamente. No lado positivo, a zona entre US$ 320.840 e US$ 366 continuará a atuar como uma forte resistência.

Ao contrário da nossa expectativa, se o par ETH/USD cair abaixo da SMA de 50 dias, ele entrará em território negativo. O primeiro suporte é em US$ 225. Se esse nível ceder, a correção pode se estender para US$ 175.

XRP/USD

O Ripple (XRP) caiu abaixo da MME de 20 dias e depois teve correção para a linha de tendência do triângulo simétrico. Um desdobramento do triângulo será um sinal negativo e terá uma meta padrão de US$ 0,26113. No entanto, os touros tentarão reduzir a queda em US$ 0,35660 e abaixo dela em US$ 0,27795.

A MME de 20 dias começou a diminuir e a RSI caiu abaixo do ponto médio. Isso sugere que o caminho de menor resistência é para o lado negativo. Ao contrário da nossa suposição, se o par XRP/USD se recuperar da linha de tendência do triângulo, os touros tentarão elevar as médias móveis e sair da linha de resistência do triângulo mais uma vez. Não encontramos nenhum padrão de alta nos níveis atuais.

BCH/USD

O Bitcoin Cash (BCH) não pôde sustentar acima da EMA de 20 dias em 29 e 30 de junho. Ele caiu de volta para abaixo da SMA de 50 dias em 30 de junho e atualmente está tentando ficar acima de US$ 383,30, que é a mínima do dia em 27 de junho. Os touros tentarão novamente levar o preço para US$ 450, acima do qual é provável uma alta para US$ 515,35. Ambas as médias móveis estão se achatando e o RSI está abaixo do ponto médio, o que mostra ação limitada no intervalo a curto prazo.

Se os US$ 383,30 não se sustentarem, uma queda para a linha de suporte do canal é provável. Esperamos que os traders então entrem e comprem durante um mergulho para esse suporte. Vamos observar a ação do preço e sugerir uma posição longa se encontrarmos uma forte retomada.

Pelo contrário, se os ursos afundarem o par BCH/USD abaixo da linha de suporte do canal, a tendência se tornará negativa e uma queda para US$ 280 será provável.

LTC/USD

O Litecoin (LTC) teve nítida retomada da SMA de 50 dias e atingiu a linha de resistência do canal em 29 de junho, mas os touros não conseguiram vencer este nível. Depois disso, o preço inverteu a direção em 30 de junho e caiu abaixo da EMA de 20 dias mais uma vez.

A MME de 20 dias se estreitou e o RSI está logo abaixo do centro. Isso aponta para uma consolidação no curto prazo. O par LTC/USD pode permanecer limitado entre US$ 111 e US$ 141 nos próximos dias.

Nossa visão será invalidada se os preços caírem abaixo de $ 111. Nesse caso, o par pode corrigir a linha de suporte do canal. Uma quebra deste suporte crítico indicará uma mudança de tendência. Vamos esperar que os touros retomem a tendência de alta antes de propor uma negociação nele.

EOS/USD

A tentativa dos touros de empurrar o EOS de volta para o canal ascendente atingiu uma barreira de US$ 6,3995 em 30 de junho e o preço caiu abaixo da linha de suporte do canal mais uma vez. Atualmente, a moeda digital está tentando ficar acima de US$ 5.550. Se este nível se mantiver, antecipamos outra tentativa dos touros para impulsionar o preço de volta dentro do canal.

Se o suporte em US $ 5,550 quebrar, o par EOS/USD poderá despencar para o próximo suporte em US$ 4,4930. As médias móveis completaram um arco de baixa e o RSI está na zona negativa, o que mostra que os ursos têm a vantagem. Vamos esperar que o par mostre força antes de recomendar uma posição longa nele.

BNB/USD

O Binance Coin (BNB) está tentando defender a SMA de 50 dias. Apesar do mergulho em 9 e 10 de maio, ele não fecha (UTC) abaixo da SMA de 50 dias desde 31 de dezembro do ano passado. Por isso, este é um apoio importante a ser observado. Se o preço rebater na SMA de 50 dias, ele tentará retomar a tendência de alta e pode subir acima de US$ 40.

No entanto, se os ursos afundarem o par BNB/USD abaixo da SMA de 50 dias, ele pode cair para US$ 28,7168. Uma quebra deste nível vai virar a tendência em favor dos ursos. A MME de 20 dias diminuiu e o RSI caiu abaixo do ponto médio, o que sugere consolidação a curto prazo. Assistiremos a ação do preço por alguns dias antes de sugerir uma negociação.

BSV/USD

O Bitcoin SV (BSV) está enfrentando venda logo acima da EMA de 20 dias, que está se estreitando. A RSI também caiu logo abaixo do ponto médio, o que sugere equilíbrio entre compradores e vendedores. O suporte no lado negativo é de US$ 175 e a resistência está em US$ 255,620.

Se o par BSV/USD cair abaixo de US $ 175, ele pode descer depois para US$ 152,015, que é o nível de retração de 50% da última etapa do movimento ascendente. Por outro lado, se o preço for a US$ 175, o par permanecerá limitado por algumas semanas. Ele vai pegar impulso em uma fuga e fechamento (horário UTC) acima de $ 255.620. Atualmente, não encontramos nenhuma configuração de compra confiável.

ADA/USD

O Cardano (ADA) cedeu o preço para abaixo da SMA de 50 dias em 30 de junho, o que é um sinal de baixa. Agora ele pode cair para US$ 0,077 e abaixo para US$ 0,073. A MME de 20 dias está diminuindo e o RSI caiu abaixo de 50. Ambas as médias móveis estão à beira de um cruzamento de baixa, o que sugere que os ursos têm vantagem no curto prazo.

Se os touros defenderem a zona de suporte de US $ 0,073 a US $ 0,077, o par ADA/USD pode permanecer limitado por alguns dias. Ele se retomará a alta em caso uma fuga e fechamento (UTC) acima de US$ 0,10. Até lá, permanecemos neutros no par. Se os ursos afundarem o preço abaixo de US$ 0,073, a queda pode se estender para US$ 0,060.

TRX/USD

O Tron (TRX) tem defendido a SMA de 50 dias nos últimos quatro dias, mas está lutando para subir. Se a SMA de 50 dias ceder, o próximo suporte será de US$ 0,0290177. Esperamos que esse suporte seja mantido, mas se os ursos afundarem o preço abaixo desse nível, a derrapada pode se estender até a linha de tendência do canal ascendente. A MME de 20 dias é plana e o RSI está um pouco abaixo de 50, o que aponta para uma consolidação no curto prazo.

Se o par TRX/USD rebater a SMA de 50 dias e subir acima de US$ 0,0357, ele pode chegar a US$ 0,040. Nós antecipamos uma forte resistência entre US$ 0,040 e a linha de resistência do canal ascendente. O par vai pegar impulso em uma fuga e fechamento acima do canal. Não encontramos nenhuma configuração de compra confiável nos níveis atuais.

Dados de mercado oferecidos pela exchange HitBTC.