O último relatório da Flipside Crypto analisa profundamente o Tron (TRX), com a esperança de responder a uma pergunta que muitos críticos no espaço de criptomoedas colocaram: "Tron é uma farsa?".

Passado duvidoso

O relatório começa relembrando as origens comprometedoras do Tron - do suposto plágio do white paper à promessa de doação de US$ 20 milhões que nunca foi cumprida. No entanto, o relatório chega a uma conclusão inesperada:

“Acontece que observar o suprimento ativo de TRX nos últimos 30 dias revela um ecossistema muito saudável e ativo.”

TRX fluxos de ativos em 30 dias. Fonte: Flipside Crypto

Glorias presentes

O relatório observa que os usuários estão apostando, tanto as 'baleias' quanto os usuários comuns estão usando aplicativos descentralizados, o TRX é negociado em exchanges descentralizadas e os operadores de nodes são recompensados. Finalmente, talvez, a conclusão mais importante seja que o suprimento de TRX não está concentrado entre algumas grandes carteiras, mas é distribuído igualmente.

Resumindo, os pesquisadores afirmam que o Tron é "mais real" do que 90% dos projetos de blockchain que examinaram:

"Mas e se isso for apenas o esnobismo intelectual no espaço, focando demais nos trolls do Twitter, e não o suficiente no modelo de negócios bem-sucedido do TRON? Os fatos existem para provar que o TRON é um negócio real. Provavelmente mais real que 90% das blockchains que analisamos."

É improvável que a conclusão positiva do relatório convença todos os que não crêem, mas talvez este seja o caso em que um consenso unânime não seja necessário.

Leia mais: