Para a BitMEX, 2020 foi um ano bastante difícil e, ao que parece, só vai piorar.

A popular corretora de derivativos não é mais tão relevante e impactante na ação do preço de mercado de criptomoedas como era há dois anos, mas uma correlação significativa de preços de curto prazo entre as principais corretoras tem sido repetidamente provada.

Um caso bem documentado ocorreu em maio de 2019, quando um grande pedido de venda na Bitstamp causou uma liquidação em cascata de US$ 250 milhões no BitMEX.

No mês seguinte, uma indisponibilidade da corretora Coinbase desencadeou uma queda livre no preço do Bitcoin (BTC) de US$ 1.400, conforme relatado pela Cointelegraph. Um relatório bem divulgado da Bitwise Asset Management mostrou claramente que as principais corretoras de criptomoedas negociavam de forma "extremamente restrita".

O relatório detalhou como as principais corretoras influenciam os preços, sugerindo que seu movimento é sincronizado mesmo quando medido em milissegundos.

Embora a BitMEX tenha negado a acusação da CFTC de operar uma corretora de derivativos ilegal, o problema é que os mercados não estão aceitando essas palavras de olhos fechados, pelo menos em termos de prêmio de contratos futuros.

Sempre que um trader opta por comprar ou vender um contrato futuro, está incorrendo no risco de solvência da corretora.

Mesmo que seja possível depositar um valor menor e alavancar a posição, a margem dificilmente será recuperada se a corretora for hackeada ou sofrer perdas inesperadas.

Portanto, se o prêmio dos futuros de uma corretora difere da maioria, é um sinal muito preocupante, pois representa falta de confiança.

Prêmio dos futuros BTC de três meses. Fonte: Skew

O gráfico acima mostra como o prêmio dos futuros de BTC da BitMEX ficou atrás da concorrência. Este efeito também ocorreu no passado, mas nunca houve uma diferença contínua de 5%.

Em situações normais, isso seria considerado uma oportunidade de arbitragem. Os traders mais experientes comprariam os contratos mais baratos da BitMEX e simultaneamente os venderiam usando outro local.

O que deveria ter sido um movimento de negociação regular escalou para uma situação em que os compradores de contratos futuros não estão dispostos a participar, não importa quão mais baratos sejam os contratos da BitMEX. Isso ocorre principalmente porque os traders estão preocupados com os riscos de solvência.

Esta ação de preço é uma profecia autorrealizada, em que a falta de participantes afasta a liquidez, aumentando as retiradas e, em última análise, faz com que os preços da BitMEX se desvie dos de outras corretoras importantes.

Essa espiral negativa pode acontecer mesmo se excluirmos os cenários horríveis de fundos BitMEX sendo confiscados por agências governamentais, ou pior.

Encontrará a BitMEX um segundo fôlego?

Volume de futuros Bitcoin por corretora. Fonte: Digital Assets Data

Portanto, a rejeição da BitMEX pode acontecer independentemente de seus contratos futuros em aberto e volumes de negociação. Quanto mais tempo seus prêmios ficarem abaixo da concorrência, menos credível será a corretora aos olhos dos investidores.

Esse ciclo provavelmente levará a mais investidores retirando seus fundos e fechando permanentemente suas contas na BitMEX. Também existe a possibilidade de que essas saídas causem uma oscilação negativa de preços de curto prazo.

Para concluir, os investidores não devem ignorar essas questões sérias simplesmente porque a BitMEX está honrando as retiradas ou mantendo sua participação atual no mercado. Os traders tendem a supervalorizar o volume e as métricas de contratos em aberto, mas ambos podem ser facilmente inflacionados.

O prêmio dos futuros, por outro lado, é muito caro e difícil de manipular.

As visões e opiniões expressas aqui são exclusivamente do autor e não refletem necessariamente as visões do Cointelegraph. Todo movimento de investimento e negociação envolve risco. Você deve conduzir sua própria pesquisa ao tomar uma decisão.

LEIA MAIS: