Para a ASIC, essas diretrizes atualizadas também fazem parte dos esforços da comissão para combater fraudes relacionadas a criptomoedas em conjunto com outras agências relevantes, como a Comissão Australiana de Concorrência e Consumidor (ACCC). Como noticiado anteriormente pela Cointelegraph, o ACCC declarou que os golpes de criptomoedas totalizaram US $ 4,3 milhões no país em 2018.

Em comparação com o ano anterior, os números deste tipo de golpe com critpomoedas feitos em 2018 constituíram um aumento de 190% em tais crimes. No entanto, os golpes de criptomoeda como um todo ainda representavam apenas um valor diminuto (menos de 6%) do total de receitas de atividades fraudulentas registradas no país.

Uma coisa a notar é que, em suas diretrizes atualizadas, a ASIC alertou repetidamente contra o fornecimento de informações enganosas sobre ofertas de token. Desde 2018, a agência reguladora financeira começou a tomar medidas concretas no combate à fraude em ICOs. Naquela época, o ASIC  declarou que iria garantir que todas as “ameaças de danos” do mercado de moeda digital fossem mitigadas.