O dYdX é um protocolo de câmbio descentralizado (DEX) para empréstimos, financiamentos e negociações de margem/alavancagem. Atualmente, suporta 3 ativos - ETH, USDC e DAI. O protocolo dYdX  visa criar mercados financeiros eficientes, justos e sem confiança (trustless), não governados por nenhuma autoridade central. 

 O projeto de finanças descentralizadas (DeFi), fundado há três anos, começou com a habilitação de negociação de margem com Ethereum e desde agosto se expandiu para fornecer ativos sintéticos que permitem aos comerciantes fazerem apostas maiores. Isso segue o lançamento de swaps perpétuos de Bitcoin lançados em abril.

 O volume dos contratos futuros perpétuos do Bitcoin aumentou quase 8 vezes para um recorde de US$ 8,393 milhões em volume diário ontem, acima do recorde de US$ 1,591 milhão em 16 de outubro. O volume total negociado na dYdX atingiu US$ 20 milhões ontem. De acordo com dados da própria plataforma dYdX.  

 À primeira vista, dYdX parece ter algumas semelhanças com a Compound - os usuários podem fornecer ativos (empenhar) para ganhar juros e também emprestar ativos (empréstimos) após depositar em garantia. No entanto, o dYdX dá um passo adiante, incorporando uma margem e câmbio alavancado com a margem em Ether (ETH) negociando até 5X de alavancagem usando DAI ou USDC.  

 

Empréstimos

 Se o investidor é um detentor de criptomoedas que pretende gerar alguma renda passiva com seus cripto ativos, há a opção de considerar emprestá-los na dYdX para algum rendimento. É um risco relativamente baixo e, depositando-o em dYdX, os juros acumulam-se a cada segundo sem qualquer ônus adicional ou gerenciamento necessário. Como credor no dYdX, o investidor só precisa estar atento à Taxa de Juros auferidos (APR, na sigla em inglês) - isso representa o quanto vai-se ganhar com o empréstimo de seus ativos. 

 

 

Como funciona o mecanismo de juros

Os juros são pagos por outros usuários que estão pegando empréstimos com o mesmo ativo. Isso significa que os mutuários devem sempre ter garantias suficientes para pagar o valor emprestado. Se a garantia de um mutuário cair abaixo da relação colateral de 115% (ou seja, US$115 de ETH para um empréstimo em DAI de US$ 100), sua garantia é vendida automaticamente até que eles cobram totalmente sua posição. 

 As taxas de juros são dinâmicas e mudam ao longo do tempo com base na oferta e na demanda, garantindo que os usuários sempre ganhem taxas de mercado. Aliás, tanto o capital inicial quanto os juros auferidos podem ser depositados e sacados a qualquer momento.  

 

Empréstimo 

 Pode-se usar a dYdX para emprestar qualquer um dos ativos suportados (ETH, DAI e USDC) desde que uma taxa colateral mínima que está entre 1,25x a 1,15x seja mantida. Os fundos emprestados são depositados diretamente na carteira do investidor e podem ser transferidos, trocados ou negociados livremente. 

Como um tomador de empréstimo na dYdX, os dois números que se precisa estar atento são: 

 

(i) Taxa de Juros (APR)  - quanto se recebe para emprestar o dinheiro 

(ii) Relação colateralização da conta- Esta é a razão do seu ativo/valor do empréstimo. Pode-se emprestar até que esta proporção seja de 125%, ou o investidor será liquidado uma vez que caia abaixo de 115%.

  

Negociação de margem e alavancagem 

 Na dYdX pode-se realizar transações curtas ou longas com alavancações de até 5x. Quando a negociação de margem no dYdX acontece, os fundos são automaticamente emprestados dos credores na plataforma.  

 Com dYdX, você não precisa realmente possuir ETH para entrar em uma posição curta (short). Pode-se pegar emprestado e inserir uma pequena posição, tudo em um só lugar. 

 A garantia usada para garantir negociações de margem continuamente rendem juros, o que significa que não se precisa se preocupar em perder juros ao esperar por uma ordem para ser preenchida. Este recurso é exclusivo para dYdX, tanto quanto sabemos a partir do momento da escrita. Outro projeto que se assemelha a essa funcionalidade é o DODO, lançado mês passado. 

 

O que é alavancagem? 

Considere dois cenários de posições alavancadas diferentes (números aproximados) para um trader que tenha 10 ETH (por US$ 150 hipoteticamente), ou US$ 1.500. No primeiro cenário, o trader entra em uma posição 5x longa com 1 ETH (US$ 150):  

  1. O tamanho da posição seria 5 ETH (US$ 750) 

  1. 10% da carteira está em risco (1/10 ETH utilizado) 

  1. Um movimento de preço de ~10% (US$ 15 no ETH) para baixo vai liquidar a posição do trader, o que significa que há muito pouco buffer para picos de preço. 

Por outro lado, se o trader entrar em uma posição 2x longa com 1 ETH  (US$ 150):

  1. O tamanho da posição seria 2 ETH (US$ 300) 

  1. 10% da carteira está em risco (1/10 ETH usado) 

  1. Um movimento de preço de ~45% (US$ 65 no ETH) para baixo liquidará a posição do trader. 

Essencialmente, a alavancagem é realmente apenas um fator de quanto risco um trader quer correr (em termos de exposição aos movimentos de preços), o que, por sua vez, determina a distância do trader para a liquidação. Alto risco, altas recompensas.

 LEIA MAIS