Um grupo de desenvolvedores criou um soft fork do navegador Brave. O fork lançado tem objetivo de remover adware, como imagens patrocinadas, links afiliados, e será executado sem token nativo da blockchain Brave, o Basic Attention Token (BAT).

O novo navegador, de acordo com os desenvolvedores, deveria ser uma alternativa ao navegador Brave original, mas isso aumentaria o ecossistema de browser com suporte à criptografia, assim como o Opera.

Nomeado "Braver Browser",  ele foi lançado após a revelação de que o Brave promove endereços com preenchimento automático no navegador com seu código de afiliado para exchanges como Binance e Coinbase.

Imagem: Brave

Os controladores do Brave pediram desculpas pelo incidente em um post em seu blog e seu co-fundador e CEO Brendan Eich afirmou nas mídias sociais que o navegador não receberá nenhuma receita da Binance.

Segundo Eich, o problema está sendo corrigido para que o preenchimento automático padrão não seja o link de referência.

Aproximadamente 700.000 usuários estão envolvidos no programa "Criador de Conteúdo Verificado" da empresa e todos eles estão aptos a receber tokens Basic Attention Token (BAT) como remuneração. Mais de 15 milhões de pessoas estão usando ativamente o Brave Browser. O navegador também anunciou que já publicou 1.500 campanhas publicitárias de várias empresas.

LEIA MAIS