A polícia chinesa descobriu uma operação de mineração de Bitcoin (BTC) no que parecia ser vários locais de enterro subterrâneo.

O canal de notícias local em inglês, Beijing News, informou em 31 de maio que a polícia encontrou uma operação ilícita de mineração na cidade de Daqing, no norte da China. Mais precisamente, a operação de mineração estava localizada no que parecia ser dois túmulos nos campos circundantes.

Montes que abrigavam o hardware de mineração Bitcoin. Fonte: Beijing News

Mineração de Bitcoin com eletricidade roubada

A polícia decidiu investigar a área depois que uma empresa de petróleo local disse à polícia sobre perdas inexplicáveis de energia. Os policiais encontraram uma entrada nas proximidades dos montes e - depois de algumas escavações - descobriram o hardware de mineração de Bitcoin que estava funcionando com eletricidade roubada.

A mídia local informou que, no início da mesma semana, a polícia encontrou 54 plataformas de mineração de Bitcoin sob um canil no mesmo município da província de Heilongjiang.

Operação de mineração de criptomoeda sob um canil. Fonte: GNW

China reprime operações de mineração de Bitcoin

À medida que os preços das criptomoedas começaram a subir novamente, o mesmo aconteceu com a disposição das pessoas de entrar na mineração de criptomoedas.

No entanto, o governo da província chinesa de Sichuan anunciou recentemente que as empresas locais devem interromper suas operações de mineração de criptomoedas. Isso é particularmente digno de nota, pois, de acordo com um estudo da Universidade de Cambridge, a província é responsável por quase 10% da hashrate global do Bitcoin.

Leia mais: