O Banco BTG Pactual, um dos maiores bancos de investimento da América Latina, abraçou de vez o Bitcoin e anunciou o lançamento de mais um fundo de investimento com exposição em criptoativos o BTG Pactual Bitcoin 100 FIM IE.

O fundo é aprovado pela Comissão de Valores Mobiliários, CVM, e aloca 100% do valor em criptomoedas.

Segundo informou o Banco, as operações do fundo estão programadas para 17 de maio e os investidores não terão que pagar taxa de performance para o banco, assim o fundo terá apenas uma taxa de 1,25% ao ano com investimento mínimo de  R$ 1 mil e D+4 para retirada.

"O objetivo principal do lançamento desse novo produto é democratizar o acesso ao bitcoin no Brasil. Nós acreditamos que ter uma exposição ao criptoativo em uma carteira de investimentos é muito interessante e, de certa forma, pode fazer muito sentido para nossos clientes. Com o lançamento do BTG Pactual Bitcoin 100 FIM IE, podemos dar continuidade à filosofia que foi criada com o lançamento do BTG Pactual Bitcon 20 FIM, oferecendo agora uma exposição total ao ativo", disse Eduardo Miquelotti, business manager do BTG Pactual Asset Management, à EXAME.

Carbon Free

O banco destacou ainda que o fundo tal qual o "BTG Pactual Bitcoin 20 FIM", o primeiro fundo cripto do BTG, será "carbon free" ja que como forma de minimizar o impacto ambiental e as preocupações sobre o consumo energético do bitcoin, o banco irá comprar créditos de carbono para compensar o impacto da mineração das criptomoedas do fundo.

O BTG tem realizado diversas ações visando impulsionar o mercado de cripto no Brasil como o lançamento de um token próprio, o Reitz; o lançamento de um fundo de investimento em criptoativos, o BTG Pactual Bitcoin FIM; a compra da revista EXAME com a criação do portal Future of Money, voltado para o setor de criptoativos.

Além disso, o BTG também é um dos principais responsáveis pelo lançamento do primeiro ETF de criptomoedas do país, que é gerido pela Hashdex e negociado na B3 com o ticker HASH11.

A empolgação do BTG com as criptomoeda vai além dos produtos do banco e recentemente, analistas do BTG digital, avaliaram que a “impressão” de moedas nacionais pelos bancos centrais mundo afora é um dos principais motivos para investidores alocarem parte do patrimônio em moedas descentralizadas.

“O dinheiro impresso não encontra precedentes na história. Estamos falando de um montante que ultrapassa a casa dos trilhões de dólares. Um aumento significativo do volume de dinheiro em circulação somado a uma capacidade produtiva inalterada resulta em um movimento generalizado de aumento dos preços. Ou melhor, de perda do poder de compra por desvalorização das moedas”, afirma o banco.

Com o lançamento do novo fundo pelo BTG o Brasil passa a ter 23 fundos de investimento com exposição em criptomoedas.

FUNDONO MÊSNO ANO3 MESES
QR BLOCKCHAIN ASSETS FIM IE0,09%82,73%39,37%
QR BTC MAX FIM IE-4,84%84,53%45,29%
VTR QR CRIPTO FIM IE-0,77%91,78%39,09%
BTG PACTUAL BITCOIN 20 FIM-0,88%-2,25%-
HASHDEX 20 NASDAQ CRYPTO INDEX FIC FIM-0,60%18,67%11,08%
HASHDEX 40 NASDAQ CRYPTO INDEX FIC FIM-1,19%37,99%22,09%
HASHDEX 100 NASDAQ CRYPTO INDEX FIM IE-2,80%102,23%56,98%
HASHDEX BITCOIN FULL 100 FIC FIM IE-4,78%74,30%43,96%
HASHDEX BITCOIN I FIM IE-4,71%74,43%44,37%
HASHDEX CRIPTOATIVOS II FIM-1,16%38,13%22,27%
HASHDEX OURO BITCOIN RISK PARITY FIC FIM-1,32%13,22%10,69%
HASHDEX CRIPTOATIVOS I FIM-0,59%18,85%11,29%
BLP CRYPTO ASSETS FIM IE0,71%142,79%76,90%
BLP CRIPTOATIVOS FIM0,13%20,92%12,93%
VITREO CRIPTO METALS BLEND FIC FIM-0,34%10,35%6,53%
VITREO CRIPTO DEFI FIC FIM IE-2,20%1,90%-
VITREO CRIPTOMOEDAS FIC FIM INVESTIMENTIMENTO EXTERIOR-0,77%90,48%38,66%
VITREO BITCOIN DEFI FIM-1,05%6,37%-
VITREO BITCOIN DEFI FIA-0,44%-1,62%-
BOHR ARBITRAGE CRIPTO FIM IE0,63%30,16%17,27%
TITANIUM CRIPTO FIM IE-0,01%-0,46%-
CDI (Benchmark)0,02%0,72%0,53%

LEIA MAIS