O Fundo Bohr, administrado pela gestora brasileira KPTL, foi apontado como o mais rentável fundo quantitativo de arbitragem por seus resultados no segundo trimestre de 2021.

O resultado consta do relatório da Crypto Fund Research, consultoria de dados pesquisas e inteligência de mercado baseada em São Francisco e focada em clientes globais de investimento em criptoativos.

No período analisado o Bohr teve alta de 12,04% no período, que inclui a mega desvalorização de 41% do Bitcoin (BTC), em maio.

O fundo foi lançado em junho de 2020 porém só começou a ser distribuído no final do ano passado com investimento mínimo de R$ 10 mil.

"O Fundo Bohr cria valor graças a estratégias que exploram ineficiências do mercado e que estão ligadas a alta volatilidade dos criptoativos, com baixa exposição e correlação ao mercado. Isso se dá em parte pela própria natureza dos criptoativos, que não tem um valor fundamental, o que faz com que seu preço dependa muito da oferta e da demanda", declarou recentemente Renato Ramalho, CEO da KPTL.

Criptomoeda do jogo Star Atlas sobe 43.380% e promete pagar mais que o Axie Infinity com jogabilidade ao estilo GTA e metaverso

Embora uma pesquisa recente da FGV e Hashdex aponte que 27,8% dos investidores de plataformas digitais têm criptoativos em suas carteiras, fundos de arbitragem em cripto ainda são pouco difundidos entre os brasileiros.

Arbitragem

Ainda segundo Ramalho, por meio desta estratégia de arbitragem os retornos do Bohr não estão correlacionados a qualquer criptomoeda específica mas as oportunidades de variação no preço dos criptoativos, e, portanto, busca ter um forte desempenho tanto em mercados em alta ou em baixa.

"Os algoritmos atuam fazendo arbitragem, na qual procuram identificar as assimetrias de preços e boas oportunidades", disse.

A estrutura-mãe do Fundo Bohr foi estabelecida em Cayman. As cinco moedas mais voláteis do portfólio do Bohr, que acompanha mais de 100 moedas, acumularam média entre 250% e 300% de volatilidade anual e perdas máximas que chegam a quase 80% no mês.

"Nessa história toda o importante é observarmos a diversidade dos investimentos. Entender que quando se fala em criptomoedas, podemos adotar vários prismas distintos e que cada tipo de fundo tem um propósito, e um lugar diferente na carteira de investimentos", destacou Ramalho

  1. Analista indica 5 criptomoedas que podem subir 230% enquanto o mercado de criptoativos está em baixa

Confira a rentabilidade dos fundos com exposição em criptoativos no Brasil:

FUNDONO MÊSNO ANO3 MESES
BOHR ARBITRAGE CRIPTO FIM...4,42%39,85%4,61%
HASHDEX 20 NASDAQ CRYPTO ...-0,15%21,25%5,78%
HASHDEX 40 NASDAQ CRYPTO ...-0,48%40,97%10,18%
HASHDEX 100 NASDAQ CRYPTO...-0,21%96,46%22,26%
HASHDEX BITCOIN FULL 100 ...0,84%62,64%20,89%
HASHDEX OURO BITCOIN RISK...0,73%5,53%3,85%
HASHDEX BITCOIN I FIM IE0,86%63,83%21,38%
HASHDEX CRIPTOATIVOS II F...0,20%42,65%11,17%
HASHDEX CRIPTOATIVOS I FI...0,23%22,35%6,38%
BLP CRYPTO ASSETS FIM IE-2,59%128,19%19,37%
BLP CRIPTOATIVOS FIM0,37%22,82%5,74%
QR BLOCKCHAIN ASSETS FIM ...-0,45%106,62%14,97%
QR BTC MAX FIM IE0,51%63,28%18,53%
VTR QR CRIPTO FIM IE-0,62%93,62%30,98%
VITREO CRIPTOMOEDAS FIC F...-0,60%92,80%31,06%
VITREO CRIPTO METALS BLEN...0,97%11,54%4,96%
VITREO CRIPTO DEFI FIC FI...-2,91%-12,18%
VITREO BITCOIN DEFI FIM-0,30%-19,30%
VITREO BITCOIN DEFI FIA-4,06%--
TITANIUM CRIPTO FIM IE-0,20%-4,45%
BTG PACTUAL REFERENCE BIT...0,13%-5,19%
CDI (Benchmark)0,20%2,28%1,15%

Confira o relatório completo da Crypto Fund Research

LEIA MAIS