A Bitfy, empresa brasileira que atua no mercado de criptomoedas, anunciou a integração da Solana (SOL) que recentemente subiu mais de 100% em dois dias devido a desenvolvimentos em sua blockchain.

Agora os usuários da carteira, que já tinham o Bitcoin (BTC), a Ethereum (ETH), a Celo Dólares (cUSD), a XRP (Ripple), Cardano (ADA) e a Polkadot (DOT) à disposição, poderão armazenar, trocar e realizar transações seguras com a Solana (SOL).

A Solana é um blockchain criado para resolver problemas de escalabilidade comumente encontrados em blockchains como o Ethereum. Assim como este,  possui uma moeda para ser usada como base para todos os blockchains criados a partir dele. 

O grande diferencial é que ela conta com um incrível poder de processamento, sendo capaz de gerir mais de 50 mil transações por segundo e com um custo extremamente baixo quando comparado a outros blockchains.

Essa capacidade deriva de um tipo diferente de validação da rede, chamado Proof of History (um registro histórico de um momento específico) acoplado em um mecanismo de Proof of Work (mesmo do Bitcoin), permitindo uma validação tão consistente quanto a do Bitcoin, mas com uma velocidade muito maior. 

Uma curiosidade desse blockchain é a necessidade de pagar aluguel por contas ativas com baixíssimo valor, deixando contas inativas fora do "banco de dados", dando ainda mais velocidade e lógica para o uso dessa tecnologia.

Segundo Lucas Schoch, fundador e CEO da Bitfy, a inclusão da moeda digital levou em consideração seu crescimento e penetração que tem no mercado.

“Nosso objetivo é sempre oferecer as moedas com os blockchains mais bem consolidados do mercado, e a SOL é mais uma opção que vem desbancando importantes criptos. Um levantamento feito pela QR Asset Managment mostrou que o ativo digital foi o terceiro que mais valorizou no primeiro semestre de 2021”, aponta o CEO.

Nos próximos meses, a carteira pretende adicionar outras moedas digitais na plataforma.

Solana pode subir ainda mais

Com relação ao preço da Solana, o analista Akash Girimath, da FXStreet, pontua que a criptomoeda pode atingir facilmente a marca de US$ 100, depois de uma pequena correção.

Segundo ele, o preço de Solana emitiu um sinal de venda em 13 de agosto e configurou um candle vermelho diário no dia seguinte. No entanto, este desenvolvimento foi seguido por uma subida exponencial de 85% que empurrou a SOL para um novo recorde de $ 80,54.

"Embora essa subida tenha sido impressionante, os investidores precisam observar que um retrocesso aqui fará mais bem do que mal. Uma retração permitirá que os detentores contabilizem lucros, empurrando o SOL para baixo, o que, por sua vez, criará uma oportunidade de compra", disse.

Segundo ele os investidores precisam observar que o próximo nível significativo que os touros podem visar é o nível de extensão Fibonacci 161,8% em $ 82,91 ou, em um caso altamente otimista, o nível de extensão Fibonacci 200% em $ 98, que está muito próximo do nível psicológico de $ 100.

LEIA MAIS