O terceiro halving do Bitcoin (BTC) está previsto para ocorrer em 14 dias e esse evento é geralmente precedido por um rali poderoso que muitos têm previsões de longo prazo que levariam o ativo digital a um novo recorde histórico.

Surpreendentemente, Joe007, uma das maiores baleias do Bitcoin do mercado de criptomoedas, sugeriu que o halving já está precificado, o que pode deixar a criptomoeda vulnerável a uma queda.

Num tom sarcástico, Joe007 disse:

“Não, é claro que não está precificado. No mesmo dia do 'Grande Halving', todo mundo finalmente perceberá o quão baixo está o preço do BTC e todos se apressarão em comprá-lo. Em massa. Com os cheques de desemprego."

Estima-se que Joe007 esteja mantendo uma grande posição curta em Bitcoin, como mostrado pelos dados da tabela de líderes da Bitfinex. Isso indica que o trader liquidou US$ 11,3 milhões no mês passado. Dado que o preço do Bitcoin aumentou para cerca de US$ 7.700, mostra que a baleia está mantendo uma grande posição curta e espera que o preço do BTC diminua no curto prazo.

Baleias Bitcoin na tabela de líderes da Bitfinex. Fonte: Bitfinex

Cortes no Bitcoin acontecem a cada quatro anos, não é um evento único

O halving do Bitcoin, um processo que diminui a quantidade de BTC gerado pelos mineradores, acontece a cada quatro anos. Ele reduz a receita dos mineradores pela metade da noite para o dia, forçando os mineradores a se adaptarem à mudança e, com frequência, sacudindo os grandes mineradores.

O halving não é um evento inesperado; de fato, a indústria de mineração se prepara para o evento por um período de pelo menos 12 meses, estabelecendo fortes amortecedores de caixa e negociando com os provedores de serviços de eletricidade para tentar diminuir o custo da mineração.

No curto prazo, não há razão clara para antecipar um aumento repentino no preço do Bitcoin simplesmente porque o halving está se aproximando.

A tendência do mercado de criptomoedas de demonstrar a liquidação de “sell-the-news” e a falta de um aumento de curto prazo nos 2 últimos halvings sugerem que a narrativa de um aumento repentino do Bitcoin é prematura.

O preço do Bitcoin também está pairando em uma área de resistência de vários anos, entre US$ 7.700 e US$ 8.300. A média móvel simples de 200 dias, que indica um importante ponto de reversão a longo prazo para um ativo ou índice, também está atualmente em US$ 8.000.

Gráfico diário XBT USD. Fonte: TradingView

A clara resistência de sobrecarga e os grandes aglomerados de ordens de venda nas principais exchanges no nível de US$ 8.000 sugerem que o BTC permanece vulnerável a uma retração acentuada.

Uma grande correção não pode ser descartada

Investidores bilionários como Marc Cuban, Carl Icahn e Paul Tudor Jones estão cada vez mais se aproximando do dinheiro, protegendo suas posições antecipando grandes tendências de baixa para chegar ao mercado de ações no curto prazo.

À medida que a pandemia de coronavírus se expande e os principais países permanecem incertos em reabrir suas economias, ativos de alto risco, como ações únicas e criptomoedas, poderão ter um momento de declínio nas próximas semanas.

Em nível técnico, apesar da iminência do halving, uma rejeição do Bitcoin em um nível fundamental como a SMA de 200 dias, a US$ 8.000, pode levar a uma forte retração do mercado, como visto em maio e outubro de 2019.

Leia mais: