A ação de preço do Bitcoin (BTC) de quinta-feira, 30 de abril, foi relativamente tranquila, em comparação com as últimas 48 horas de atividade que a criptomoeda com melhor classificação no CoinMarketCap realizou na terça e quarta-feira dessa semana.

No cripto Twitter, é fácil encontrar analistas que pedem que o ativo digital suba para US$ 10.000 antes do halving, e alguns até sugeriram que uma nova vida está chegando. 

Retiradas de Tether sobem com o preço do BTC

Independentemente dessas previsões, o movimento de US$ 1.700 do Bitcoin em um único dia provocou ondas e exchanges como a Binance conseguiram lidar com US$ 16 bilhões em volume de negócios, uma nova alta histórica de todos os tempos desde janeiro de 2018.

Dados do fornecedor de análises on-chain Glassnode mostraram que as retiradas de USDT também atingiram uma alta histórica de US$ 1.943.417, logo após o preço do Bitcoin ter atingido os US$ 9.450. 

Tabela de preços diários do mercado de criptomoedas. Fonte: Coin360

Depois de atingir US$ 9.450, o ativo digital recuou 11,36%, para US$ 8.394, antes de se recuperar e ser negociado na faixa de US$ 8.600 pelo restante do dia. Como discutido em uma análise anterior, era esperado um retrocesso para testar novamente os níveis de resistência anteriores.

Um novo teste de US$ 9.000 volta ao jogo

A recuperação de US$ 8.383 também atingiu brevemente a zona de US$ 8.300 a US$ 8.500, que funciona como resistência e suporte desde setembro de 2019.

Gráfico diário BTC USDT. Fonte: TradingView

No momento da redação deste artigo, o BTC / USD estava tentando ultrapassar a zona de US$ 8.600- US$ 8.800, onde também há um nó de alto volume no VPVR. Uma movimentação acima desse nível abre as portas para uma revisitação de US$ 9.200 a US$ 9.400.

Gráfico diário BTC USDT. Fonte: TradingView

Se o Bitcoin for incapaz de manter $ 8.600, uma queda na retração de 61,8% de Fibonacci, um salto de bolso dourado é improvável, uma vez que a vela diária de quarta-feira, 29 de abril, rapidamente atravessa vários níveis de resistência sem criar os níveis de suporte que normalmente são o resultado das fases de consolidação.

Portanto, se o Bitcoin não conseguir uma recuperação do nível de fib de 61,8%, é provável que ocorra uma nova revisão para suportes mais fortes em US$ 7.450 e US$ 7.600.

Gráfico de 4 horas do BTC USDT. Fonte: TradingView

Atualmente, o preço está tentando estabelecer uma alta de mais de 4 horas acima de US$ 8.876, mas o volume de compras é apenas uma lasca e há uma cruz de baixa na divergência de convergência da média móvel. No período de hora em hora, a MACD está curvando-se em direção à linha de sinal e o histograma está lentamente avançando para 0. O RSI de 4 horas também está voltando ao território de alta, aos 65.

Por enquanto, os traders devem ficar de olho no prazo de 1 hora para observar um aumento no volume de compras e se as velas de 1 ou 4 horas fecham acima de US$ 8.876.

Leia mais:

As visões e opiniões expressas aqui são exclusivamente do autor e não refletem necessariamente as visões do Cointelegraph. Todo movimento de investimento e negociação envolve risco. Você deve realizar sua própria pesquisa ao tomar uma decisão.