O Bitcoin (BTC) caiu abaixo de US$ 6.000 em 21 de março, após um rali no final da semana para quase US $ 7.000.

Visão geral diária do mercado de criptomoedas. Fonte: Coin360

O preço do BTC ronda US$ 6.000

Dados do Coin360 e Cointelegraph Markets colocam o BTC / USD em uma encruzilhada no sábado, com par em torno da marca de US$ 6.000, em condições muito voláteis.

O Bitcoin caiu para US$ 5.780 - marcando perdas de 24 horas em torno de 12% - antes de reverter a direção. 

Gráfico de preços de 1 dia do Bitcoin. Fonte: Coin360

Como o Cointelegraph relatou, a recuperação do Bitcoin foi milagrosa - já que atingiu na semana passada a baixa de 15 meses, em US$ 3.700, posteriormente, a criptomoeda selou ganhos de 90%.

Embora ainda mais baixo do que antes do coronavírus atingir o sistema financeiro global, o Bitcoin mais uma vez demonstrou seu valor como investimento versus outros ativos. As ações permanecem afetadas por eventos recentes, enquanto até o ouro não conseguiu entregar o retorno que os Bitcoiners desfrutaram.

No futuro, porém, as perspectivas permaneceram incertas no momento desta publicação. Para o analista do Cointelegraph Markets, filbfilb, era necessário um suporte de US$ 6.400 para garantir a chance de mais ganhos - algo que acabou por não aparecer.

Van de Poppe: chance clara de novas perdas

Para o analista Michaël van de Poppe, foram US$ 6.800 que precisavam ser revertidos para apoiar, a fim de evitar mais perdas no futuro próximo.

“... Estou apenas esperando que a formação do fundo seja estruturada por um período mais longo devido às instabilidades econômicas em todo o mundo. A menos que o BTC ultrapasse US$ 6.800 ”, ele escreveu durante uma conversa no Twitter.

Anteriormente, o trader Tone Vays havia advertido da mesma forma que novas perdas pesadas poderiam atingir o Bitcoin a qualquer momento, particularmente na corrida para o halving em maio. Tal evento pode levar a criptomoeda a US$ 2.000, ele previu.

ACOMPANHE OS PRINCIPAIS MERCADOS DE CRIPTO EM TEMPO REAL aqui