Há “muito dinheiro para gastar” e isso ajudará o Bitcoin (BTC) a alcançar sua próxima fase de enormes aumentos de preços, acreditam os analistas.

Em um post no blog de 25 de agosto, Jeroen Blokland, gerente de portfólio da gestora de ativos Robeco, observou que a velocidade do dinheiro M2 dos EUA havia atingido baixas históricas.

“Muito dinheiro para gastar”

A velocidade mede a agilidade com que o dinheiro se move na economia e, em 2020, sofreu uma queda no sistema métrico.

“Teoricamente, a velocidade do dinheiro aumenta quando a atividade econômica aumenta”, escreveu Blokland.

“Embora a súbita parada econômica obviamente tenha resultado em uma atividade econômica muito mais baixa, o declínio acentuado também sugere que há dinheiro demais para gastar. Uma rápida olhada nos balanços do banco central confirma isso.”

A enorme atividade de impressão de dinheiro pelo Federal Reserve caracteriza o período desde março, quando o coronavírus desencadeou um crash do mercado de ativos cruzados.

Gráfico de velocidade do dinheiro dos EUA. Fonte: Robeco

O círculo vicioso do Fed: mais inflação, mais dinheiro

Conforme relatado pelo Cointelegraph, o aumento dos balanços dos bancos centrais nas nações do G4 veio junto com o aumento dos ativos portos-seguros - Bitcoin, ouro e prata.

Para PlanB, o analista por trás do modelo de previsão de preço stock-to-flow do Bitcoin, o colapso na velocidade do dinheiro servirá apenas para acelerar a maior criptomoeda em seu caminho para as previsões recentes - uma média de US$ 288.000 em 2024.

O modelo de ativos cruzados S2FX oferece várias “fases” do Bitcoin como um ativo, e o preço de US$ 288.000 faz parte da fase cinco.

“S2FX: US$ 288.000 é o centro do cluster (S2F-marketvalue centroid) da próxima fase, como US$ 6.700 foi o centro do cluster da última/fase atual,” twittou PlanB em março, comentando um gráfico explicativo.

“Não sabemos exatamente (ainda) quando a fase 5 começa e termina, mas olhando para os clusters anteriores: cerca de 6 meses após o halving de 2020, até 6 meses após o halving de 2024.”

Enquanto isso, Blokland alertou sobre o impacto da baixa velocidade na política financeira. Esta semana, o Fed deve anunciar planos para aumentar sua meta de inflação para até 4%.

“A baixa velocidade do dinheiro também significa que ainda mais dinheiro é necessário para criar a inflação. Até agora, porém, isso resultou apenas em inflação nos preços dos ativos”, acrescentou.

Leia mais: