YFI, o token nativo do gigante das finanças descentralizadas (DeFi) Yearn.finance, atingiu um novo recorde histórico. Ele disparou 30% nas últimas 12 horas, de US$ 14.017 para US$ 18.169, entrando na área de descoberta de preço.

O gráfico de preços do YFI da Yearn.finance nas últimas duas semanas. Fonte: TradingView.com

O termo descoberta de preço se refere a quando um ativo atinge um novo recorde máximo e os mercados buscam um novo pico. O YFI entrou na descoberta de preços pela primeira vez em 8 dias, após atingir seu pico anterior de US$ 16.666.

Sugestão de uma nova parceria, listagem na Aave, fortes indicadores

Três fatores provavelmente desencadearam a recuperação do YFI para um novo recorde histórico: uma parceria potencialmente nova, uma listagem na Aave e fortes indicarores técnicos.

Em 28 de agosto, o protocolo do mercado monetário Aave (LEND) listou o YFI. Aave é o maior protocolo DeFi do mercado global, com mais de US$ 1,52 bilhão em valor total bloqueado.

Como o Cointelegraph relatou anteriormente, o Aave recebeu a aprovação da Autoridade de Conduta Financeira (FCA) do Reino Unido, que garantiu ainda mais o domínio do Aave sobre o mercado DeFi. Jordan Lazaro Gustave, COO do Aave, disse ao Cointelegraph:

“O Aave também fará a delegação de crédito possível, onde a parte A pode delegar sua linha de crédito à parte B, que pode tomar emprestado contra ela. Tudo isso será possível por meio de um acordo legal via OpenLaw. Por exemplo, um delegador de crédito pode ser uma parte que deseja acumular mais crédito, e um mutuário pode ser uma empresa, ONG, governo, instituição, etc.”

Embora o Yearn.finance tenha sido um importante protocolo DeFi, com quase um bilhão de dólares em valor bloqueado, a listagem no Aave poderia impulsionar ainda mais o YFI.

No topo da nova lista, o desenvolvedor da Yearn.finance, Andre Cronje, disse que está colaborando com o CEO da FTX, Sam Bankman-Fried.

A FTX, uma das principais exchanges de derivativos de criptomoedas, tem liderado várias parcerias nas últimas semanas. Apoiou o lançamento de uma exchange descentralizada (DEX) chamada Serum e adquiriu o Blockfolio.

Uma possível colaboração entre a FTX e o desenvolvedor da Yearn.finance está alinhada com a atividade da FTX no mercado DeFi e DEX.

Cronje escreveu:

“Acho que o 'gato está fora do saco', mas apenas para que haja um gerenciamento de expectativa, esse é um longo roteiro no qual estamos trabalhando, então não será tão cedo. Mas haverá algo muito sexy no futuro. ”

O Yearn.finance também tem um valor mais baixo em comparação com outros protocolos DeFi, com um bilhão de dólares em valor bloqueado. Por exemplo, Synthetix é avaliado em mais de US$ 600 milhões, mas tem menos valor bloqueado do que o Yearn.finance.

Lançamentos de produtos da Yearn.finance estão catalisando o 'momentum' do YFI

Ao longo do mês passado, a Yearn.finance e seu principal desenvolvedor, Cronje, lançaram muitos produtos, desde cofres até seguros descentralizados.

Yearn.finance anunciou o lançamento de yinsure.finance, por exemplo, que é um dos primeiros serviços de seguro tokenizados no espaço DeFi, ao lado da Nexus Mutual.

Investidores de capital de risco bem conhecidos, incluindo Kelvin Koh da Spartan Black e Fred Ehrsam da Paradigm, disseram que o seguro DeFi tem potencial para se tornar um mercado de bilhões de dólares.

Leia mais: